Autor Tópico: Escala Agathos de Bizarrices Mágicas  (Lida 286 vezes)

Agathos

  • Administrator
  • Newbie
  • *****
  • Mensagens: 4
Escala Agathos de Bizarrices Mágicas
« Online: Fevereiro 14, 2017, 05:06:24 pm »
Criei essa escala por diversão, para classificar eventos de magia ou sobrenaturais que me ocorrem eventualmente. Normalmente dou notas para essas coisas e algumas delas são apenas bizarras ou sublimes ou ambas, mas são quase sempre notórias:

1-2: Coisas desse nível tendem a acontecer todos os dias... é uma meditação que se desdobra num fato real logo em seguida ou um Deja vù de um fato cotidiano que começou num sonho.

3-4: Essas coisas acontecem na ordem de uma por semana. Geralmente é o resultado de algum tipo de feitiço ou um encontro casual com alguém que eu tava com vontade de ver e diz com a cara mais lavada do mundo que estava pensando em mim. ¬¬

5-6: Esse nível começa a ficar interessante: acontecem na ordem de uma vez por mês. Geralmente são coisas como virar uma cadeira ao passar por ela - sem tocá-la - acompanhar o sonambulismo da esposa, ter a aula interrompida só porque vc sabe que não fez as devidas orações a Djehuty/Thot, etc. Nesse nível as bizarrices são mais visíveis e as vezes, engraçadas.

7-8: Essas acontecem uma vez por ano. São impressionantes. Inclui passar por processos mágicos específicos longos mas que não implicam em iniciações. inclui também sobrecargas energéticas que te levam a ver todas as fadas do lugar (eu era dedicado ainda), ver alguém desligar um celular apontando para ele, descobrir que certos conceitos religiosos que vc considerava bobagem são inteiramente verdadeiros.

9-10: os "9" acontecem a cada vários anos; geralmente é uma iniciação . O "10" são tão impressionantes que só aconteceram uma unica vez. Como aquela vez que eu estava dando uma aula sobre o Hades para alunos meus na faculdade. E aí um grupo de teatro pede para entrar na minha sala para divulgar a peça deles, e aí entra uma moça vestida de Noiva Cadáver (!!!) recitando uma das falas do filme. Improvável, mas maravilhosamente bizarro o fato de ter uma atriz representando uma morta enquanto eu falava do mundo dos mortos para os meus alunos...

Bjs,

A.A.