Conversando com os Deuses

Todo mundo que começa na Wicca e conversa com praticantes mais avançados fica entusiasmado com a forma natural com que eles conversam com os Deuses. Ouvem relatos de Deuses falando nas meditações, dando sinais, aceitando oferendas, gostando ou não da forma com que o altar está disposto. E aí, surge aquela dúvida: como eu faço isso? Como eu identifico os sinais dos Deuses? Preciso meditar pra ter contato com os Deuses?

Esta e várias outras perguntas serão respondidas neste texto. Decidi escrever em forma de perguntas e respostas, trazendo as perguntas que são feitas para nós na internet.

Como começar o meu contato com os Deuses?

Essa é fácil: fale com eles! Não precisa de nada além de uma intenção sincera. Não precisa de altar, de vela, de imagem, nada além de você mesmo. Pode ser em casa, deitado, andando, no ônibus, no carro, dirigindo ou não, em qualquer hora e lugar. Pode ser em voz alta ou em pensamento. Você pode querer fazer este primeiro contato em voz alta, para trazer para o físico essa intenção e vontade de conhecer os Deuses, ou qualquer Divindade que queira.

Diga: “Oi, Deus@, eu sou o Fulan@ e estou conhecendo este mundo agora. Li sobre você e gostaria de aprender um pouco mais sobre você. Por favor, faça-se presente em minha vida para que eu possa senti-l@ de forma benéfica. Seja bem-vind@.”

Esta é uma das várias formas que você pode usar para começar um contato. Não precisa ser formal, não precisa usar palavras estranhas, nada disso. É como conhecer um novo amigo, seja você mesmo para que os Deuses sintam sua energia e comecem a se aproximar.

Ok. E agora, qual o próximo passo?

Leia sobre os Deuses, sobre a Divindade que você está conhecendo. Abra-se para as energias, para os símbolos que chegarão a você. Abra-se para os sinais que começarão a aparecer na sua vida. Peça sinais para essa Divindade com quem vc está entrando em contato.

Mas como eu sei quais são os sinais que os Deuses estão enviando?

Em primeiro lugar, os sinais devem ser externos a você. Pode até ser que você sonhe com alguma coisa relacionada à divindade, mas peça sinais externos para confirmar. Eles podem variar desde um animal relacionado à divindade que você passe a ver com certa frequência, uma pessoa inesperada falar da Divindade com você ou te falar algo que confirme o que a Divindade te falou, ela começar a aparecer na sua timeline do Facebook ou de outras redes sociais, uma frase que vc leia, um filme que você veja… são inúmeras as formas com que os Deuses podem se comunicar com a gente.

É claro que precisamos ser um pouco racionais a respeito disso para não achar que tudo é um sinal, ou a famosa “viagem na maionese”, que é quando qualquer coisa vira sobrenatural e mágica. Não é pra ser assim, existem sim fenômenos físicos, sonhos e meditações que podem não estar relacionados ao nosso contato com os Deuses. Podemos estar sendo influenciados pela nossa vontade. Por isso, via de regra, costumamos pedir que a divindade mande três sinais claros de que ela está se comunicando conosco. Três sinais claros externos a você.

Então quer dizer que eu não preciso meditar pra entrar em contato com uma Divindade?

Exatamente! O contato com os Deuses vai muito além das meditações. Mas meditar também é uma excelente forma de contato e não deve ser ignorada. Claro, se eles pedirem algo de você em meditação, sempre peça sinais para evitar as viagens na maionese. Eles também podem não falar nada na meditação, só te mostrarem coisas, ou te auxiliarem em uma linha de pensamento, te inspirarem a alguma coisa. Eles podem aparecer como alguém que você conhece ou até como você mesm@. Vc pode não ver nada, só sentir, também. E não existe certo ou errado no que você sente no contato com os Deuses, é o seu contato e você descobrirá como ele será melhor pra você.

Eu acho que ouço os Deuses falando comigo na minha cabeça, estou ficando louco?

Não, hehe. Isso pode acontecer. Quando aprofundamos nosso contato com a Divindade, fica mais fácil perceber sua presença ao redor, a energia fica cada vez mais familiar e começamos a saber quando os Deuses estão conosco. De vez em quando podemos até ouvir coisas na nossa cabeça, como se fossem pensamentos, mas podem sim ser mensagens dos Deuses. Novamente, use seu filtro e peça sinais.

Os sinais ajudam, inclusive, a diferenciar se seu contato foi realmente com uma divindade ou alguma outra entidade ou ser. Um oráculo também pode ajudar, mas não devemos usá-los de muletas.

Ok. Eu recebi os sinais, e agora, o que eu faço?

Você pode começar a criar um culto pessoal àquela Divindade, se esse for seu desejo. Pode montar um altar, ou pode usar um desenho, imagem ou estátua da Divindade. Pode fazer oferendas, saudações diárias, meditações (e o hábito de meditar vai facilitando o processo e você perceberá que vai fluir cada vez melhor).

Mas o que eu posso oferecer?

Oferendas aos Deuses podem ser inúmeras! Desde uma pequena atividade da sua rotina que vc passe a dedicar a Eles, uma música que você cante, um alimento, um desenho ou outra arte, água, um objeto, velas, incensos, ervas…. muitas coisas! Geralmente, os próprios mitos das divindades dão pistas do que oferecer, e hoje temos diversos sites com sugestões de oferendas para diversas Deusas e diversos Deuses.

Nesse momento, importa mais a sua intenção e o carinho que você estará oferecendo aos Deuses do que o objeto em si (mas é claro que um objeto escolhido com muito Amor será super bem recebido).

Ao oferecer alimentos, gosto de uma abordagem ecológica: não acho legal desperdiçá-los e, por isso, adoto a postura kemética (dos antigos egípcios), que é a reversão das oferendas. Após fazer a oferenda com sua saudação, você pode comer aquele alimento que foi ofertado e beber o líquido ofertado. Se você não quiser fazer isso, pode depositar o alimento na terra. Veja bem, apenas alimentos e bebidas devem ser depositados na terra, pois eles são biodegradáveis e não poluirão nosso ambiente!

Se você quiser oferecer objetos, pode deixá-los em seu altar ou usá-los em honra à divindade. Neste caso, vc pode comprar uma camiseta que te lembra aquel@ Deus@, ou usar um batom para honrar uma Deusa, consagrar sua maquiagem, seu material de estudos, o que você achar que tenha a ver com a Divindade.

Mas homens também podem cultuar Deusas? Existe alguma limitação para isso?

De jeito nenhum! Homens, mulheres, trans, pessoas não-binárias, qualquer pessoa pode cultuar qualquer divindade que queira sem nenhum problema!

E como eu escolho qual Divindade cultuar?

Bom, existem várias formas de fazer isso. Você pode ter sentido o chamado dos Deuses por alguma divindade específica e começar com Ela. Você pode começar falando com a Deusa e o Deus em seu aspecto mais amplo. Você pode sentir uma afinidade por algum panteão ou divindade específicos e começar por eles. Ou você pode se abrir para o contato e pedir que a melhor Deusa ou o melhor Deus para este momento se apresentem, mandem sinais, para que você possa se aproximar deles.

Você não é obrigado a cultuar uma Divindade por toda a vida, a não ser que escolha. O que nós fazemos e sabemos que outros grupos também fazem é escolher uma divindade (ou casal divino) para trabalhar conosco durante uma Roda. Convidamos essa divindade (ou aceitamos seu chamado, após receber os sinais) e a saudamos todos os dias, fazemos rituais para ela, oferendas, meditações. Aprendemos com ela. Ao final de uma Roda, agradecemos pelas suas bênçãos e, caso seja de nossa vontade, convidamos outra Deusa ou casal divino para trabalhar conosco na próxima Roda.

Com essas dicas, você pode começar o seu contato com qualquer divindade que quiser, sem medo de errar. O principal é: faça tudo com Amor. Não se force a nada, deixe fluir o contato e se entregue. Desta forma, você vai conseguir identificar os sinais com tranquilidade. Pode ser que no começo seja um pouco mais difícil, mas confia que tudo vai dar certo, persista se é isso que você quer.

E que os Deuses abençoem sua jornada!