Canalização de Divindades

A Canalização é o que chamamos de Puxada da Lua na Sacerdotisa ou Puxada do Sol no Sacerdote. Não há incorporação de entidades no processo, até porque na Bruxaria não há incorporação de entidades. A Sacerdotisa ou O Sacerdote recebe a energia sagrada da Deusa ou do Deus e transmite a mensagem deles. Não se perde a consciência, mas pode acontecer de quando a Sacerdotisa ou o Sacerdote se despedem da Deusa ou do Deus, pode acontecer de não lembrar de nada, pois a canalização foi profunda. Canalizações são realizadas quando se quer dar Voz à mensagens da Deusa ou do Deus em um ritual como um sabbat, por exemplo ou em um jornada de horas. Canalizações são realizadas por Iniciados em Tradições geralmente.

O exercício de “vestir o Deus” e sentir como ele é; meditar com os Deuses para sentir a energia deles; deixar os seus chakras sempre alinhados energeticamente; deixar os chakras abertos já alinhados e fazer o exercício de “vestir o Deus” e depois que terminar o exercício, aí se “fecha” (fechar no sentido de selar, de manter protegido) o chakra.

Que fatores levam alguém a perder a consciência ou não se lembrar de uma experiência que tenha tido ao invocar ou canalizar uma divindade?

Isso parece depender de três fatores, em ordem crescente de relevância:

1) O quão profundo é o contato com a divindade: Quanto mais profundo o contato e mais presente a divindade está, menor é o controle de que faz a canalização. E neste caso, pode ou não ter consciência total do processo que está acontecendo.

2) A diferença entre identidade de grupo e identidade pessoal: eu acho que esse fator muito relevante. Quanto mais importante for sua identidade de grupo em detrimento da identidade individual, mais difícil é de se lembrar do processo completo. Quanto mais forte for sua identidade individual, mais vc tende a se lembrar do processo, mas menos profundo é o processo em si.

3) O quanto a divindade deseja que vc saiba sobre isso: no fim das contas, quem controla a memória é a divindade. Vc pode controlar quando o processo começa e termina, mas quem controla boa parte do “durante” é a divindade.

Os níveis de canalização

Existem seis níveis de canalização:

1 – Percepção – este não é uma canalização em si, mas a capacidade de invocar, trazer e perceber a presença da divindade.

2 – Inspiração – neste nível é quando recebemos um poema, ou invocação, ou mesmo ritual diretamente inspirado pela divindade. Podemos receber um feitiço, um processo de cura. Vc está totalmente consciente do que está acontecendo e fala com sua própria voz, mas está em conexão com a divindade e pode transmitir mensagens dela. Este é um dos níveis considerados como canalização, mas é bem superficial.

3 – Presença – você ainda é você mesmo, mas é como se a divindade estivesse bem atrás de você, falando em seu ouvido. Você tem total controle do que está acontecendo e pode escolher transmitir ou não o que a divindade diz e fazer ou não o que ela quer que você faça.

4 – Vestimenta – este é o vestir do manto, o primeiro nível de canalização propriamente dita. A divindade fala através de você. Vc está vestido com a energia da divindade. Você está completamente consciente e pode mudar as palavras, escolher o que falar ou até não falar. Você vai se lembrar do que aconteceu e sentirá frio, sede, calor e outras sensações normalmente. Este é o nível de canalização mais comumente praticado na Wicca.

5 – Integração – neste nível, a divindade está no controle, você ainda será capaz de tentar exercer alguma influencia sobre o que ela faz ou diz, mas é ela quem comanda. A energia da divindade passa completamente por seu corpo. Este é o nível em que um homem canaliza o Deus e uma mulher canaliza a Deusa. Não é possível para um homem canalizar a Deusa neste nível e no próximo, assim como não é possível para uma mulher canalizar o Deus. Você não sente frio, fome ou calor, se a Deusa colocar sua mão no fogo, você não vai sentir nada. Mas se alguém atravessar um de seus dedos com uma agulha, por exemplo, (se a divindade deixar isso acontecer) você será trazido de volta para sua consciência. E você provavelmente não vai se lembrar de tudo o que foi dito ou feito. A sensação de passagem de tempo fica comprometida e você tem a sensação de que deu um branco em sua mente. A divindade usa as memórias e os padrões de linguagem da própria pessoa para se comunicar, logo ela não vai falar em uma língua na qual a pessoa não seja capaz de falar, porque a mente da pessoa age como um veículo para a divindade.

6 – Possessão – Neste nível sua consciência não estará mais presente durante o processo. A divindade toma total controle de seu corpo e mente. É o nível mais perigoso porque voltar desta canalização é difícil e doloroso. A pessoa possuída pela divindade será capaz de fazer coisas que uma pessoa normal não consegue fazer e será capaz de falar em outras línguas, por exemplo. E a pessoa não se lembrará de absolutamente nada do que foi dito ou feito. Se alguém atravessar seu braço com uma agulha, você nem sequer saberá que isso está acontecendo.

A canalização pode ser feita em qualquer época. Vou dar uma opção que pode ser feita para um praticante solitário:

Procedimento: Consagre um talismã para representar sua conexão com a divindade que você vai assumir, pode ser uma joia, um símbolo ou um instrumento mágico. Fique de pé e invoque a divindade que você quer assumir. Veja a divindade à sua frente em toda a sua beleza e faça uma reverência para Ela. Vire-se de costas e dê um passo atrás de forma que seu corpo entre dentro da forma etérea da divindade. A face Dela torna-se a sua face, o corpo Dela torna-se o seu corpo, o coração dela envolve o seu. Torne-se a divindade. Permaneça assim pelo tempo que desejar, depois retire-se da forma da divindade, vire-se para ela e faça uma reverência em agradecimento. Sugiro que homens façam isso com faces do Deus e mulheres façam isso com faces da Deusa. Mas este processo pode ser feito com a divindade do gênero oposto ao seu.

Como é canalizar uma divindade?

Canalizar uma divindade é uma experiência transcendental. Eu sinto que todo sacerdote ou sacerdotisa deveria fazer isso pelo menos uma vez na vida. Qdo feita corretamente, pelos motivos certos, ela muda sua vida de formas que podem ser sutis ou violentas. Vc pode sair da experiência transformado ou viver uma alteração interna que vai levar anos para se manifestar totalmente.

Eu perdi a conta de quantas vezes já ofereci meu corpo e minha voz para a Deusa. Mas mesmo depois de todos esses anos, de todas as vezes em que já canalizei, eu ainda sinto um frio na barriga quando me preparo para o processo, um frêmito de expectativa.

O que você vai sentir quando canalizar? Depende da Deusa que você estiver canalizando, depende do contexto. Uma vez, durante um ritual de 24 horas para Aset e Wesir, canalizei Aset em sua dor pela morte de Wesir. Lembro que a dor dela era maior do que qualquer coisa que eu já senti em minha vida. Não creio que eu seja sequer capaz de sentir algo assim.

Você sabe o que está acontecendo ao seu redor quando você canaliza? Depende do nível de canalização, depende do contexto, depende da divindade. De modo geral, eu me desligo do mundo quando estou canalizando. Eu só sei o que a Deusa falou ou fez através de mim porque as pessoas contam depois. Eu mesma raramente me lembro do que aconteceu. Às vezes passa tudo num piscar de olhos. Eu já passei mais de duas horas canalizando a Deusa debaixo de chuva, apenas para terminar o processo e descobrir que eu estava completamente seca (detalhe, eu havia feito escova no cabelo, e qualquer humidade teria feito meu cabelo cachear de novo, mas ele estava lisinho, como se não tivesse caído uma gota de chuva sequer). Para mim, passaram-se apenas 5 minutos, eu tive que olhar o relógio para acreditar que mais de duas horas tinham se passado.

O maior perigo da Canalização é deixar seu ego interferir. Se você vai dar a voz aos Deuses, dê aos Deuses, não ao seu próprio ego.

Gente para fingir não falta. O fato de alguém dizer esta canalizando não significa que seja verdade. Se uma divindade pela voz de alguém te disser algo que parece estranho, não saia acreditando, confirme, peca sinais. A divindade não se sente ofendida por vc pedir confirmação.

E uma coisa que eu acho por deveras triste, muita gente permite que seu ego interfira com seu serviço aos deuses. Todos temos bons e maus dias. Temos dias em que simplesmente não estamos abertos à energia da divindade. Mas ao invés de admitir e dizer “olha, hoje não vai rolar”, a pessoa prefere fingir. Como se não fosse visível a diferença na aura de uma pessoa que está realmente canalizando.
Uma coisa precisa ficar clara, não importa a divindade, não importa ao processo, ao final da canalização você estará bem. Se isso não estiver ocorrendo, cuidado, não é uma divindade que você está canalizando e sim outro ser se passando por uma.