Sobre as Faces da Deusa

Passagens do livro As Brumas de Avalon

– (…) Na nossa mente, podemos compreender o Deus Supremo, mas enquanto estamos em corpos humanos, vivendo nesse mundo rico e variado, precisamos de imagens que possamos ver, tocar e amar. Cada uma delas nos revela uma parte desse Poder Supremo e todas as partes juntas nos concedem um vislumbre do Todo. Assim, as pessoas que insistem que só existe um Deus têm razão e igualmente têm razão as que reverenciam muitos, mas de diferentes maneiras.

(…)

– (…) Vocês que vivem na matéria vêem com os olhos do mundo, uma coisa de cada vez, e assim vocês vêem Deus sob muitas aparências, exatamente como diferentes imagens que se refletem nas muitas facetas de uma pedra preciosa. A cada faceta vocês deram uma forma e um nome: Apolo ou Amon, Cibele ou Hera (…). Iavé dos judeus zela somente por um povo, e esse Jesus abençoa aqueles que invocam o seu nome. Eles desejam entrar em contato com o Uno, mas as suas limitações humanas só lhes permitem ver uma única face, que eles identificam como o todo.

(…)

– Eles fazem bem em servir o Christos, se verdadeiramente seguirem seus ensinamentos, assim como você faz bem em seguir o radiante Apolo. Eles estão errados apenas em supor que não existe nenhuma verdade senão a que eles vêem.